Home  /  Notícias  /  Jiu jitsu, nova modalidade das Escolas Esportivas da Sogipa, oferece aulas para crianças, jovens e adultos na Sogipa sob o comando do sensei Moacir Mendes Júnior

Jiu jitsu, nova modalidade das Escolas Esportivas da Sogipa, oferece aulas para crianças, jovens e adultos na Sogipa sob o comando do sensei Moacir Mendes Júnior

25/06/2018 - Esporte
Moacir Mendes Júnior será o sensei
Moacir Mendes Júnior será o sensei

O jiu jitsu já começou as suas atividades na Sogipa. Oferecidas como mais uma modalidade da Escola de Esportes, as aulas são ministradas pelo sensei Moacir Mendes Júnior desde o início de junho. As inscrições já estão abertas na secretaria administrativa.

 

O jiu jitsu é uma arte marcial nascida no Japão e bastante praticada em várias partes do mundo, especialmente no Brasil e nos Estados Unidos. Ela melhora a capacidade cardiovascular, trabalha a respiração, melhora os reflexos, desenvolve a disciplina e a autoconfiança e ajuda na perda de peso.

 

‘Vamos trabalhar o jiu jitsu na Sogipa como uma ferramenta auxiliar na formação das pessoas, especialmente nas crianças e jovens. Ou seja, será uma modalidade recreativa, de lazer e de educação, sem pretensões competitivas’, observa o sensei, que completa: ‘Muita gente não sabe, mas o jiu jitsu também é uma poderosa atividade física, que desenvolve as potencialidades atléticas e emagrece’.

 

As aulas estão ocorrendo em uma sala montada na área sobre a piscina térmica que conta com tatames oficiais importados da Alemanha e demais equipamentos.

 

As atividades ocorrem nos seguintes horários:

  • Segundas, quartas e sextas-feiras, das 12 às 13h: alunos iniciados ou iniciantes a partir de 15 anos
  • Segundas, quartas e sextas-feiras, das 19 às 20h: alunos iniciados ou iniciantes a partir de 15 anos
  • Terças e quintas-feiras, das 10h às 11h: alunos iniciados ou iniciantes de 5 a 14 anos

 

O SENSEI - Moacir Mendes Júnior começou a lutar judô aos 5 anos de idade. Sempre defendendo a Sogipa, teve uma carreira de muito sucesso, frequentando a Seleção Brasileira principal por quase uma década. Como judoca, conquistou medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano de 2006, além de ser tetracampeão brasileiro e tri do Troféu Brasil. Foi escolhido o melhor lutador de newaza do mundo em 2012 pela Confederação Internacional de Judô. Com atleta do jiu -jitsu, foi campeão mundial faixa preta pela CBJJE em 2010. Além disso, trabalha há 20 anos como treinador. Integra a comissão técnica da equipe principal de judô da Sogipa, como técnico de lutas de solo. Foi técnico da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.