Home  /  Notícias  /  Equipe de Judô da Sogipa terá 10 representantes em Campeonatos Mundiais em 2017

Equipe de Judô da Sogipa terá 10 representantes em Campeonatos Mundiais em 2017

08/08/2017 - Esporte
 Mayra Aguiar vai em busca do bicampeonato em Budapeste
Mayra Aguiar vai em busca do bicampeonato em Budapeste

O ano de 2017 está sendo especialíssimo para Sogipa. O clube, que completa 150 anos em agosto (dia 10), preparou uma programação extraordinária para marcar este ano. No esporte, não está sendo diferente. A equipe de judocas do clube classificou 10 representantes para os campeonatos mundiais desta temporada. 


No Mundial Sub-18, que está ocorrendo em Santiago do Chile, de 7 a 14 de agosto, o clube terá como representantes Nicole Franzoi, Nuciano Aguiar e Leonardo Santana.


Em Zagreb, na Croácia, no Campeonato Mundial Sub-21, de 18 a 22 de outubro, Daniel Cargnin, Tiago Pinho, David Lima e Jéssica Lima estarão representando as cores da Sogipa e do Brasil.


No final de agosto, de 28 a 03 de setembro, em Budapeste, na Hungria, ocorre o Campeonato Mundial Adulto, Mayra Aguiar, Érika Miranda e Maria Portela serão as representantes sogipanas.


Ter dez atletas disputando os campeonatos mundiais ressalta o bom trabalho feito pelo clube e a preocupação em implantar as técnicas e competitividade desde as categorias de base. ‘Importante a gente acrescentar no nosso quadro geral de medalhas conquistas em todas as categorias’ declarou Antônio Carlos Pereira, o Kiko, coordenador técnico de judô da Sogipa.


QUADRO DE MEDALHAS DA SOGIPA EM MUNDIAIS:
Sub21 - 3 ouros, 1 prata e 5 bronzes.
Sênior - 4 ouros, 1 prata e 2 bronzes.


As equipes adultas de judô da SOGIPA têm patrocínio da Oi e Parmalat, por meio do Pró-Esporte/RS e do Governo do Rio Grande do Sul, do Banrisul, do Zaffari, BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Lojas Pompéia e apoio Protecaes, Tordilho, Sponchido Jardine, Ifortix e SR Engenharia por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e as equipes de base têm o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que descentraliza recursos oriundos da Lei Pelé.

Representantes do clube